Cerca de 18% dos brasileiros nasceram de mães adolescentes, e Prefeitura destaca campanha de prevenção.

Anualmente cerca de 18% dos brasileiros nascidos são filhos de mães adolescentes. Em números absolutos isso representa 400 mil casos por ano. A gravidez na adolescência representa risco tanto para a mãe quanto para o bebê, uma vez que a adolescente não está completamente preparada fisicamente e psicologicamente para uma gestação. Dessa forma, toda gravidez em meninas entre 10 e 18 anos são consideradas de risco, pois há maior chance de o bebê nascer com baixo peso, prematuro ou a adolescente sofrer aborto espontâneo. Na maioria dos casos a gravidez acontece devido ao uso incorreto dos métodos contraceptivos, a falta de comunicação dos pais, do parceiro, a falha na comunicação com o médico, a vergonha de tirar dúvidas na consulta, etc.

Em razão disto a Prefeitura de Guarabira através das suas Secretarias de Saúde, de Assistência Social e de Políticas Públicas para a Mulher estão imbuídas no mesmo pensamento e destacam a ‘Semana Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência’, que acontece de 1 a 5 de fevereiro, mas que a campanha segue, numa forma de conscientizar as familiais e tentar diminuir essa problemática social no município, orientando-as e prevenindo-as.

É importante a prevenção, é essencial não pularmos as etapas da nossa vida. Procure a unidade básica de saúde, façam exames periódicos, tirem as dúvidas com os enfermeiros (as) da UBS da sua localidade ou com um ginecologista de sua confiança e se previna.

Outras Notícias