Chico Pedrosa é atração desta sexta (23) em homenagem ao Dia do Cordelista

Evento, que leva o nome “Declamando Cordel”, terá início a partir das 19:30h, no Memorial do Cordel José Camelo de Melo Rezende, e faz parte da programação de aniversário dos 131 anos de Guarabira. 

Ele é um dos principais nomes da literatura de cordel em plena atividade. Aos 82 anos, mantém a chama da poesia popular e continua escrevendo e declamando seus versos por todos os lugares por onde passa, seja nas feiras livres ou nos diversos shows que realiza em várias cidades.

Francisco Pedrosa Galvão, conhecido como Chico Pedrosa, é a atração desta sexta-feira (23) na cidade de Guarabira, onde estará declamando no Memorial do Cordel ao lado de outros cordelistas – como Chico Mulungu, Gilberto Baraúna, Biu Folheteiro e outros poetas.

O evento, que leva o nome “Declamando Cordel”, terá início a partir das 19:30h e faz parte da programação de aniversário dos 131 anos de Guarabira, ao mesmo tempo em que também comemora o Dia do Cordelista, cuja passagem aconteceu na última segunda-feira (19 de novembro). É uma realização da Prefeitura Municipal de Guarabira por intermédio da Secretaria de Cultura e Turismo – Secult.

O evento da noite desta sexta-feira, de acordo com informações da Secult, vem agregar mais valor ao projeto de potencialização da literatura de cordel no município, como vem ocorrendo nos últimos tempos e de forma a divulgar cada vez mais os artistas que se expressam nessa linguagem.

Chico Pedrosa, declamador e poeta popular, é filho natural de Guarabira e reside em Pernambuco. Ele nasceu no município em 1936, no sítio Pirpiri, filho de Avelino Pedro Galvão e Ana Maria da Cruz. O Pai, conhecido por Mestre Avelino, era agricultor e cantador de coco.

SERVIÇO:

Declamando Cordel
Atração: Chico Pedrosa e convidados
Data: 23 de novembro (sexta-feira)
Hora: 19:30h
Local: Memorial do Cordel
(Centro de Guarabira)

Codecom / Secult / Tarcísio Pereira