CMDCA relembra o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes e celebra 30 anos do ECA

Nesta segunda-feira, 18 de maio, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) relembra o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. A data remete ao crime bárbaro cometido contra a menina Araceli de Vitória (ES), em 1973.

Em 2020, foi lançado a nível nacional a campanha “Faça Bonito”, referente ao 18 de maio, data no qual também se celebra os 30 anos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que consolidou os direitos das crianças e adolescentes em território brasileiro.

A Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria Municipal da Família, Bem Estar, Criança e Adolescente,  conta com os diversos setores do Sistema de Garantia de Direitos empenhados nessa campanha. O CREAS – Centro de Referência Especializado em Assistência Social – realiza em todos os anos a campanha no mês de março, mas há prioridade no atendimento de situações de abuso e exploração sexual durante todo o ano.

“Estamos vivenciando um momento muito delicado, com o isolamento social tem aumentado assustadoramente em todo o País o número de relato de casos de agressões, seja da mulher a quem tem uma legislação própria, como também as nossas crianças e adolescentes, nesse momento de isolamento social, devemos reforçar a atenção para  esses sinais contra crianças e adolescentes. Qualquer suspeita de violência deve ser denunciada e isso pode ser feito resguardando o sigilo, seja por meio do Disque 100 ou ao  Conselho Tutelar de Guarabira, destacou Heloísa Maria, Coordenadora do CREAS.

 

Campanha 18 de Maio – Faça Bonito

A campanha do 18 de maio tem como objetivo romper o ciclo de violência contra crianças e adolescentes, garantindo a crianças e adolescentes o direito a seu desenvolvimento de forma segura e protegida, livres de qualquer forma de abuso e exploração.

A campanha é uma iniciativa da Secretaria Municipal da Família, Bem Estar, Criança e Adolescente, por meio do CREAS e do CMDCA, que tem importantes parceiros na execução dessa ação como o Conselho Tutelar, CRAS  e demais órgãos de proteção no município.