Ação Social de Guarabira realiza atividades alusivas ao Dia de Combate ao Trabalho Infantil. Confira cronograma

A Prefeitura Municipal de Guarabira através da Secretaria Municipal da Família, Bem-Estar, Criança e Adolescente realiza durante esta semana campanha atinente ao dia 12 de junho (Dia do Combate ao Trabalho Infantil) visando sensibilizar, debater e conscientizar a população sobre esta violação de direitos de crianças e adolescentes.

Todo o cronograma realizado pela Secretaria Municipal da Família, Bem Estar, Criança e Adolescente foi preparado respeitando as orientações do Ministério da Saúde. Entre as várias ações realizadas podemos destacar: a semana de entrevistas ao Portal Mídia de vários atores sociais que trabalham diretamente com o enfrentamento ao trabalho infantil, vídeos de técnicos sociais da rede socioassistencial conscientizando os usuários dos Serviços, entrega de cartazes nos setores e unidades públicas, educadores sociais trabalhando temas referente a campanha, palestras online nas escolas.

O trabalho infantil é proibido para pessoas menores de 18 anos, por causar malefícios graves ao desenvolvimento das crianças. Conforme a Organização Internacional do Trabalho (OIT), o trabalho infantil é ilegal e priva crianças e adolescentes de uma infância normal, impedindo-os de frequentar a escola e desenvolver suas capacidades e habilidades de forma saudável causando-lhes causando enormes prejuízos no seu desenvolvimento físico, psíquico e social. Diferentemente do que muitas vezes se prega sobre o Trabalho Infantil as crianças exploradas através do trabalho Infantil com poucas oportunidades de estudar, acaba por reproduzir o perfil de outras gerações da família, que também trabalharam na infância. Sem a conscientização e direito a novas oportunidades que deveria ser garantido por meio de políticas públicas, dificilmente as crianças com este perfil conseguem romper o ciclo da pobreza e miséria de suas famílias.

Vale sempre lembrar que os adolescentes são permitidos de trabalhar através de vários programas que trazem benefícios ao empregador e ao adolescente trabalhador.  Programas como Jovem Aprendiz auxiliam os adolescentes a conseguir seu primeiro emprego respeitando todas as características dessa fase da vida e assegurando que este adolescente tenha seus direitos respeitados.

Ao presenciar uma situação de trabalho infantil, você pode fazer uma denuncia ao Conselho Tutelar da sua cidade, Secretaria de Assistência Social através do Centro de Referência Especializado de Assistência Social, DISQUE 100 ou Ministério Público do Trabalho.

Estamos convidando cada um de vocês a fazerem parte dessa luta pela erradicação do Trabalho Infantil. Lugar de criança é na escola tendo seus direitos respeitados e construindo as condições necessárias para transformar a sua vida e de sua família. No dia 12 de junho vamos dizer juntos BASTA ao Trabalho Infantil.

CLIQUE AQUI e confira o cronograma das atividades alusivas ao Dia de Combate ao Trabalho Infantil.

Outras Notícias