Em OPP: moradores do Bairro Novo dizem diretamente à administração o que querem para a comunidade

Plenária do OPPPrefeito e secretários estiverem ouvindo sugestões, reclamações e elogios da população

Na noite desta terça-feira (25) aconteceu mais uma plenária do Orçamento Popular Participativo, no CIEEC, desta vez abrangendo o Bairro Novo.

Na oportunidade o prefeito Zenóbio Toscano esteve ao lado dos secretários da administração dialogando diretamente com os moradores sobre os benefícios que estes querem para a localidade.

Dentre as principais reivindicações estiveram uma área de lazer para a comunidade, um novo posto de saúde, melhorias no meio ambiente e limpeza, melhorias para o trânsito e a ligação entre os bairros.

De acordo com o prefeito Zenóbio, o posto de saúde do Buriti está passando por ampliação, e que a intenção é de que outro posto seja feito na localidade, tendo em vista que para cada 3 mil pessoas deve haver um, e no Bairro Novo a população é estimada em cerca de 5 mil, e já estão garantidas 3 emendas de parlamentares e que um destas será destinado para a construção da nova unidade de saúde.

Ainda segundo o gestor, na próxima etapa de pavimentação as ruas que ainda faltam calçamento do bairro estarão incluídas. E o projeto de ligação entre os bairros já estarão sendo pagos nos próximos dias

Com relação a feira, que é localizada dentro do Bairro Novo, Zenóbio ressaltou que está sendo firmada um convênio com o SEBRAE, e que um consultor do órgão esteve visitando local no último final de semana para em seguida elaborar um projeto de melhoria da mesma. Além da realização do shopping popular que será feito no Mercado Velho, onde se prevê a instalação de 60 boxes em um galpão destinado para os ambulantes que ficam nas calçadas dos estabelecimentos comerciais já cadastrados, e outro galpão para os feirantes de confecções.

No Mercado Novo já foi feito todos os projetos, como o de arquitetura, cálculo estrutural, água, esgoto, incêndio, sondagem de solo, entre outros.

E outro fator que tem ligação com a feira e os mercados são as inundações da Avenida Dom Pedro II, que segundo o administrador do município, já estão garantidos praticamente R$ 3 milhões para brevemente começar a construção das galerias no Centro da cidade. E que este projeto está sendo pensado juntamente ao de Municipalização do Trânsito do Município.

Com relação ao Meio Ambiente e limpeza, Zenóbio frisou que recentemente foi adquirido um caminhão compactador e mais outro foi recentemente comprado com recursos próprios. O chefe do executivo destacou a participação de Guarabira no Consires (Consórcio Intermunicipal de Resíduos Sólidos), que extinguirá os lixões em 25 municípios da região através de aterro sanitário, campanhas educativas de coleta seletiva, entre outras ações. O município também está elaborando o Projeto Rio Limpo, uma campanha educativa que visa conscientizar os moradores das margens dos rios que cortam Guarabira sobre a importância da limpeza das águas fluviais. Além disto a Prefeitura está em parceria com a Cagepa no intuito de fazer o esgotamento sanitário correto das residências para evitar que o esgoto caia nas águas dos rios e Canal do Juá.

Estiveram participando da plenária os secretários Márcia Amaral (Planejamento), Wellington Oliveira (Saúde), Toni Alves (Administração), Humberto Santos (Esportes e Lazer), André Filho (Cultura), Aguiberto Lira (Gabinete), Jefferson Carlo (Codecom), além do vice-prefeito Zé do Empenho, e dos vereadores Costinha, Lula das Molas Marcos de Enoque e Adriano da Santa Terezinha.