EMAP – Escola Municipal de Administração Pública

 

Criada pela Lei Municipal nº 1.778, de 27 de novembro de 2019, a Escola de Administração Pública do Município de Guarabira (EMAP) tem por finalidade:

I – Organizar e administrar cursos especiais de formação, capacitação, aperfeiçoamento e qualificação, na modalidade presencial, do Servidor Público Municipal de Guarabira, visando a desenvolver competências que o habilitem a desempenhar suas atribuições, proporcionando-lhe a aquisição de conhecimentos e instrumentos de gestão que contribuam para a elevação dos padrões de eficiência, eficácia e efetividade da Administração Pública Municipal;

II – Promover, organizar e desenvolver simpósios, seminários, trabalhos e outros projetos de interesse da administração pública municipal;

III – Desenvolver uma visão ampla e integrada da administração pública junto aos participantes, favorecendo a reflexão e o debate sobre a ética pública, a democracia, a cidadania e a responsabilidade perante a Administração Pública e a sociedade;

IV – implementar uma política de formação, capacitação e de valorização permanente de recursos humanos do Poder Executivo Municipal;

V – concorrer para a melhoria de métodos e técnicas de gestão administrativa e operacional, aplicáveis à formação, capacitação e integração de pessoal, com vistas ao aperfeiçoamento dos servidores;

VI – desenvolver formas de cooperação técnica e/ou intercâmbio cultural e educativo, com a União e/ou com as demais Unidades da Federação, com o objetivo de enriquecer as atividades curriculares da EMAP, mediante a celebração de convênios ou contratos;

VII – elaborar projetos de desenvolvimento e de capacitação, bem como de outras atividades de ensino, definindo os seus objetivos, programas e métodos, recursos didáticos, sistemas de avaliação e pré-requisitos para treinamento;

VIII – promover atividades ou eventos visando à integração dos servidores;

IX – desenvolver programas educacionais preventivos na área de saúde, destinados a todos os servidores do Poder Executivo;

X – desenvolver campanhas educativas e programas sobre segurança do trabalho;

XI – promover atividades que visem à valorização e à dignificação da função pública e de pessoal para os respectivos serviços;

XII – promover e realizar outras atividades ou atribuições correlatas, ou inerentes à sua finalidade, e as que forem regularmente conferidas ou determinadas.

 

 

ORGANIZAÇÃO DA EMAP:

 

DOUGLAS NÓBREGA GOMES – Diretor Presidente

José Dayvid Carneiro da Silva – Conselho Administrativo (Membro Titular); Coordenador Administrativo

Joseilton Santos Fideles Júnior – Conselho Administrativo (Membro Titular) – Coordenador Jurídico

Gracina Pontes Barbosa –  Conselho Administrativo (Membro Titular) – Coordenadora de Ensino e Qualificação

Fernanda Macedo de Castro – Conselho Administrativo (Membro Titular) – Coordenadora de Comunicação