Guarabira: Meio Ambiente e Infraestrutura apoiam famílias de casas inundadas no bairro do Cordeiro

Por falhas de planejamento, loteamento foi notificado como um dos principais causadores da inundação.

Os Secretários Marcus Diôgo (Seinfra) e Alcides Camilo (Sumasa) estiveram no local com uma equipe
Os Secretários Marcus Diôgo (Seinfra) e Alcides Camilo (Sumasa) estiveram no local com uma equipe

A Prefeitura de Guarabira, através das Secretarias de Infraestrutura (Seinfra) e de Urbanismo, Meio Ambiente e Saneamento (Sumasa) – assim que soube das informações referentes a casas que foram invadidas pelas águas em decorrência das chuvas caídas na madrugada de segunda-feira (18/02) -, foi prestar apoio às famílias atingidas.

Os Secretários Marcus Diôgo (Seinfra) e Alcides Camilo (Sumasa) estiveram no local com uma equipe, onde iniciaram o serviço de limpeza das ruas e das moradias, sendo um total de quatro casas inundadas pelas águas, as quais tiveram percas de materiais.

Estado de uma das residência após imundação
Estado de uma das residência após imundação

Técnicos destas secretarias fizeram estudos e descobriram que o motivo das águas tomarem a direção destas casas foi em decorrência da construção de um loteamento instalado na parte alta da localidade, na saída para a cidade de Pilõezinhos. De onde houve falhas de infraestrutura e planejamento na construção de alguns imóveis. Uma ‘bueira’ também foi evidenciada que fora tapada por um morador, o que do mesmo modo contribuiu para o não escoamento normal das águas.

Segundo o Secretário Marcus Diôgo, a Seinfra notificou o proprietário do loteamento e alguns donos de imóveis, dos quais foram exigidas as tomadas de medidas cabíveis em acordo com os moradores prejudicados.