IAPM Guarabira comemora marco de R$ 25 milhões em caixa

Prefeito Zenóbio encontrou o instituto com um débito de R$ 6 milhões, cujo valor havia sido parcelado em 60 meses.

DSC07503O Instituto de Assistência e Previdência do município de Guarabira (IAPM), órgão responsável pela administração do regime próprio de previdência da cidade, realizou nessa sexta-feira (26/09) uma solenidade para comemorar o marco dos R$ 25 milhões de patrimônio alcançados em 2014.

O evento ocorreu na sede da Câmara Municipal de Guarabira, e contou com a presença de dezenas de servidores da ativa, aposentados e pensionistas; além da participação do prefeito Zenóbio Toscano, do diretor do IAPM Jeremias Cavalcanti, secretários Toni Alves (Administração e RH), André Filho (Cultura e Turismo), Aguiberto Lira (gabinete), Wellington Oliveira (Saúde), Raimundo Macedo (Educação), Robério Arnaud (Indústria e Comércio), Cláudio César (Finanças), e os vereadores Inaldo Júnior, Costinha, Tiago do Mutirão e Lula das Molas.

E ainda, os representantes do IAPM, Fabrício Marinho (diretor financeiro), Mariza Alverga (diretor previdenciária) e Flávia Medeiros (contadora), além do gerente do Banco do Brasil Agência Guarabira, o Sr. Jandeison Dias de Figueiredo.

DSC07472Em seu discurso, Jeremias Cavalcanti fez uma prestação de contas de sua gestão a frente do Instituto desde os primeiros dias de 2013, ao tempo em que renovou os votos de agradecimentos ao prefeito Zenóbio pela confiança nele empenhada.

Para o prefeito Zenóbio Toscano é certo que o IAPM fechará o ano de 2014 com mais de R$ 26 milhões em caixa. Ele assegurou que enquanto for prefeito de Guarabira não deixará atrasar um mês sequer a contribuição para o instituto de previdência, como segundo o mesmo o fizeram no passado, que além de atrasar os repasses, atrasaram o as parcelas do repasse.

O IAPM passou por uma situação financeira preocupante quando em 2013, ao assumir a administração municipal, o prefeito Zenóbio Toscano encontrou o instituto com um débito de R$ 6 milhões, cujo valor havia sido parcelado em 60 meses, mas a gestão anterior não cumpriu, fazendo com que a edilidade ficasse inadimplente e impossibilitada de receber recursos da União.

DSC07480Hoje, além de cumprir rigorosamente com os repasses e parcelamentos do instituto, a atual gestão tem aplicado de forma eficiente os recursos, além de ter implantado o Programa de Assistência à Saúde do Servidor – PASS, atendendo os servidores com uma diversidade de exames e procedimentos médicos, proporcionando um tratamento preventivo aos beneficiários.