Inscrições para o Residencial Jáder Pimentel acontecem a partir de 9 de setembro, anuncia o prefeito em exercício

As inscrições para as pessoas interessadas em obter a sua casa própria no Residencial Dr. Jáder Soares Pimentel estarão abertas a partir do próximo dia 9 de setembro e vão até o dia 13 do corrente mês, no Ginásio Zenobão. A informação foi anunciada pelo prefeito em exercício, Marcus Diôgo, durante a sua participação na edição dessa quinta-feira (22/8) do radiofônico semanal ‘Conversa com o Prefeito’ na Rádio Constelação FM de Guarabira.

-A princípio, se não houver nenhuma segunda ordem de parte da Caixa, as inscrições irão acontecer a partir do dia 9 e vai até o dia 13 de setembro. Não precisa correria, todos vão ser atendidos. Até lá, as informações serão amplamente divulgadas em todos os veículos de comunicação – disse o prefeito.

Uma equipe da Assistência Social da Prefeitura de Campina Grande, responsável pelas inscrições do Complexo Habitacional Aluízio Campos, foi solicitada pela PMG para colaborar no processo de inscrição em Guarabira. E esteve recentemente na cidade, reunida na sede do Bolsa Família, com o prefeito Marcus, com o secretário de Assistência Social Elias Asfora e sua equipe, definindo os últimos detalhes para dá início as inscrições.

O cadastro é para as 300 primeiras casas construídas na etapa 1 do residencial. Dentro do Programa Minha Casa Minha Vida através Fundo de Arrendamento Residencial e Ministério das Cidades em parceria com a Prefeitura. O projeto é para edificação de 1.200 moradias.

Vale lembrar que em junho de 2018 o prefeito Zenóbio Toscano e o então superintende da CEF na Paraíba, Marcos Vinícius, assinaram o contrato para a edificação de 600 casas, onde destas estão ficando prontas 300, mais 100 edificadas em segunda etapa e outras 200 residências devem ser construídas em um breve terceiro momento.

De acordo com as regras do programa, a renda familiar da pessoa interessada, deve alcançar até R$ 1.800,00 e esteja com o NIS – Número de Inscrição Social atualizado. E ainda munidos de RG, CPF, Certidão Civil de Casamento (se casado for) e comprovante de residência. Os contemplados vão pagar apenas R$ 180,00 mensais a instituição bancária financiadora, ou seja, a Caixa Econômica Federal.

Ainda conforme as normas, um percentual das moradias será destinado para pessoas com deficiência física, onde a casa será adaptada de acordo com a necessidade das mesmas. Observando que, se as inscrições ultrapassarem o número da porcentagem estabelecida, a regra da escolha passará a ser através de um sorteio. Ainda terão direito a inscrição, mães que tenham filhos nascidos com microcefalia, e também é uma prioridade, famílias que estejam morando em situação de riscos, como casa de taipa, beira de rios, barreiras, encostas, etc.