Reabertura do Centro de Documentação é prestigiada por parentes de Ronaldo Cunha Lima

Familia_Cunha_LimaSociedade guarabirense comparece ao evento que faz parte do ciclo de revitalização da cultura municipal

A Prefeitura de Guarabira reabriu na noite desta sexta-feira (22), após anos de inatividade, o Centro de Documentação Coronel João Pimentel. A solenidade contou com a presença de parentes de Ronaldo Cunha Lima, que prestigiaram a exposição sobre o político e poeta, considerado o cidadão guarabirense de maior destaque no estado e no país.

A reabertura do local foi realizada por meio de parceria envolvendo a Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria de Cultura e Turismo e a Fundação Casa de José Américo. Na exposição é possível encontrar diversas fotos e documentos referentes à história e obra de Ronaldo Cunha Lima.O filho de Ronaldo, Savigny Cunha Lima, e o neto Diogo Cunha Lima (filho do senador Cássio Cunha Lima), compareceram ao evento e se emocionaram a encontrar e até conhecer melhor a vida de Ronaldo, como ao terem acesso pela primeira vez a carta de cassação do mandato de Ronaldo, destituindo – o do cargo prefeito de Campina Grande remetida na época da ditadura. Além deles, diversas personalidades também prestigiaram a solenidade, representantes de entidades, artistas, vereadores, secretários da administração municipal, empresários, entre outros.

O presidente da FCJA, Flávio Sátiro Filho, ressaltou a parceria com a Prefeitura de Guarabira no intuito de contribuir para a memória e cultura do município, e agradeceu a toda equipe da Fundação que participou da organização do Centro de Documentação.Já a primeira-dama e deputada Léa toscano fez referências a personalidade do homenageado, enfatizando a pessoa humana e carismática de Ronaldo Cunha Lima.

Ao fazer uso da palavra o prefeito Zenóbio Toscano destacou as ações da administração com a reabertura dos diversos equipamentos culturais do município, além de comentar sobre a pessoa de Ronaldo Cunha Lima, com quem teve a oportunidade de conviver por vários anos e de quem era amigo pessoal.

O Centro de Documentação Coronel João Pimentel é o quarto equipamento cultural do município de Guarabira que estava fechado e foi reaberto em 2013 na administração do prefeito Zenóbio Toscano. Já foram entregues à população a Galeria de Artes Antônio Sobreira, o Teatro Geraldo Alverga e o Museu de Arte Sacra Fernando Cunha Lima.

Confira mais imagens do evento clicando aqui