“São anjos que Deus colocou na vida da gente”, diz esposa de paciente atendido pelo SAD

Serviço de Atenção Domiciliar, em sessenta dias de lançado em Guarabira já atende 48 pacientes acamados

10581494_480823638687793_1641829719_nLançado no último mês de maio de 2014 pela atual gestão municipal de Guarabira, há exatamente sessenta dias, o Serviço de Atenção Domiciliar – SAD tem agradado famílias guarabirenses que necessitam de cuidados especiais com parentes acamados. Pois cuidar de pacientes nessa situação não é nada fácil, assim como a locomoção destas pessoas, que é outra grande dificuldade. Em Guarabira, no entanto, esta situação começa a melhorar substancialmente. O SAD da Secretaria Municipal de Saúde vem assistindo, de forma considerável, pacientes enfermos em domicílios, dando aos mesmos e a seus familiares todo o atendimento e acompanhamento médico necessário.

Atualmente são 48 pacientes de localidades distintas do município, que estão sendo assistidos pelo programa, que é composto por uma equipe multidisciplinar (EMAD), sendo médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeuta e, uma equipe multiprofissional de apoio (EMAP), que conta com nutricionista, fonoaudiólogo e psicólogo –, os quais visitam semanalmente as residências dos enfermos regularmente.

DSC08706-O SAD é um serviço que veio a somar muito na Saúde de Guarabira, já que a EMAD, juntamente com a EMAP chegam para preencher uma lacuna, que é atender os pacientes em fase aguda de seus quadros clínicos. – destaca enfermeira Daisy Campos, coordenadora do programa.

De acordo Daisy, as demandas estão sendo grande para o atendimento de pacientes acometidos de Acidente Vasculhar Encefálico (AVE) recente, úlceras por pressão, pós-cirúrgicos, enfim, quadros agudos, onde, segundo ela, outros serviços não teriam a possibilidade de realizar os atendimentos a domicilio. E, ainda destaca do especial apoio que o programa recebe da Prefeitura através da SMS, inclusive na aquisição de produtos caros e especializados para cada enfermidade.

-Em relação a ferimentos, por exemplo, utilizamos curativos biológicos específicos e modernos para uma evolução bastante satisfatória em um curto período, comparado com os curativos tradicionais. – explica a coordenadora.

DSC02561Para a professora Noêmia, que acompanha o tratamento do seu esposo, o desempregado José Laurentino de Souza (o Duda), que mora na Rua José Pereira, no Bairro São José – a chegada deste programa foi um alívio para o casal, pois tinha que comprar uma pomada caríssima, acima de R$ 70 para cuidar de uma grande ferida lesionada na perna esquerda dele, devido a um estouramento de uma ‘pipoca roxa’. Além do trabalho que dava para locomovê-lo até o posto de saúde local para realizar a troca do curativo.

-Esta turma vem com alegria e já a considero da minha família, pois foi Deus quem iluminou o prefeito Zenóbio para criar este programa. Eles [o SAD] são anjos que Deus colocou aqui na terra, na vida da gente. – ressaltou a professora emocionada.
-A enfermeira Diana bota o astral da gente lá pra cima; a gente fica bem melhor. – confessa seu José.

Para ter acesso ao SAD, o paciente deverá estar acamado com enfermidade aguda, seu SUS ser cadastrado no município de Guarabira e, ter cuidador permanente. Para maiores informações a pessoa pode entrar em contato com a Secretaria de Saúde, através do fone (83) 3271-4813 (83) 8888-5567 ou pelo e-mail saude@guarabira.pb.gov.br – nos horários das 7h às 11h e das 13h às 17 – de segunda a sexta-feira.

10569896_480823618687795_192023308_nsad

Outras Notícias