Saúde e Planejamento de Guarabira se reúnem com OPAM, debatem causa animal e definem relocação da sede da entidade para prédio municipal

Na ocasião também iniciou-se a discussão sobre a organização do processo de trabalho para a implantação do Canil Municipal que dará suporte ao Castramóvel.

Aconteceu na tarde dessa sexta-feira, 6/5, a primeira reunião entre as Secretarias de Saúde e de Planejamento de Guarabira e a OPAM (Ong de Proteção Animal Miguelzinho), para discutir acerca da causa animal.

O encontro foi realizado na sede do Conselho Municipal de Saúde, e contou com a presença da secretária de Planejamento Verônica Diôgo e da secretária de Saúde Harlanne Herculano, dos coordenadores da SMS; Regina Coeli (Vigilância Sanitária), Elicácia Cunha (Vigilância Epidemiológica) e Antônio Sivaldo (Vigilância Ambiental); além das representantes da OPAM, a presidente Ciely Silva e a conselheira fiscal Clarice Anita, e do representante do legislativo, vereador Júnior Ferreira.

E, ainda, dos técnicos do Núcleo de Gestão da SMS Wesley Bandeira, Giselle Nyedja, e Eduardo Guimarães.

A reunião teve como objetivo encontrar uma solução, para a relocação imediata da sede da OPAM, que funciona em um prédio alugado, mas o proprietário resolveu reaver o espaço para outra finalidade.

Em razão disto, ficou definido que o mais viável seja que a gestão municipal ceda um espaço para abrigar de forma temporária os pets recolhidos pela entidade; e para isso deverá ser celebrado entre município e OPAM um termo de uso temporário de prédio público – até que a instituição construa a sua sede própria, em terreno já doado pela Prefeitura.

Na ocasião também iniciou-se a discussão sobre a organização do processo de trabalho para a implantação do Canil Municipal que dará suporte ao Castramóvel.

 

Outras Notícias