Com lançamento de livro, Zé Katimba abre o “Quinta Tem Talento” em Guarabira

Zenóbio, Léa e Chico César prestigiaram o evento, que mudou a noite de quinta-feira na Praça João Pessoa
Zenóbio, Léa e Chico César prestigiaram o evento, que mudou a noite de quinta-feira na Praça João Pessoa

Diversas pessoas se reuniram na Praça João Pessoa, popular “Bambuluar” em Guarabira para participar da abertura do projeto musical “Quinta Tem Talento” – QTT, ocorrido na noite desta quinta-feira (21/03). O sambista guarabirense, Zé Katimba – dono de cerca de mil composições do chamado samba de raiz, surpreendeu os presentes com a sua voz, cantando belas canções que foram gravadas por diversos artistas de renome nacional e internacional, a exemplo de Martinho da Vila, Simone e Júlio Iglésias.

Antes da abertura do QTT, foi realizado o lançamento do livro que conta a história de Katimba, de autoria do jornalista carioca Fernando Paulino, que dentro em breve deverá lançar a 2ª edição da obra, acrescentando o retorno do sambista às suas raízes após 70 anos.

Zé Katimba e Fã
Zé Katimba e Fã

O projeto é uma promoção da Prefeitura de Guarabira, através da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. Ao lado da primeira dama, a deputada Léa Toscano, do secretário de Estado da Cultura, Chico César e do secretário Municipal de Cultura e Turismo, André Filho – o prefeito Zenóbio Toscano deu por aberto o movimento cultural. “Pretendemos fazer um intercâmbio cultural e também incentivar a cultura local”, disse o prefeito em uma de suas citações.

Além de Zé Katimba que recebeu incessantes aplausos da platéia, ainda se apresentaram na “Bambuluar”, o afinadíssimo grupo pessoense “Choro Amigo” e o grupo caseiro de pagode “Essência do Samba”, liderado pelo vocalista Edú.

A 2ª edição do Quinta Tem Talento só ocorrerá na próxima quinta-feira, dia 4 de abril, devido a quinta-feira que vem (28/03) ser considerada a “quinta-feira da Paixão” relacionada à Semana Santa.

Guarabira: Prefeito participa de homenagem à Zé Katimba na Câmara de Vereadores

Em meio à emoção sambista guarabirense que vive no Rio recebe medalha “Osmar de Aquino” das mãos de Zenóbio
Em meio à emoção sambista guarabirense que vive no Rio recebe medalha “Osmar de Aquino” das mãos de Zenóbio

O prefeito Zenóbio Toscano participou nesta terça-feira (19/03) da entrega da medalha honorífica “Osmar de Araújo Aquino” ao sambista, cantor e compositor guarabirense, José Ignácio dos Santos – Zé Katimba. O artista foi homenageado pela Câmara Municipal de Guarabira – pela sua magnífica e exemplar história, quando saiu de sua terra natal (Guarabira) com dez anos de idade, levado por seus pais – um casal que sobrevivia da agricultura de subsistência na zona rural guarabirense – para tentar uma vida melhor no Rio de Janeiro, de forma que, vencendo preconceitos, ditadura, entre outros percalços sociais, retorna à sua natalidade, após 70 anos com o ‘matulão’ recheado de prêmios por ter enveredado na carreira musical, no samba. A sua finalidade é de se aprofundar às suas raízes.

Diversas personalidades, pessoas do povo e a imprensa se fizeram presentes à solenidade. Todas as duas bancadas de vereadores participaram do evento, com exceção do vereador de situação Saulo de Biu, que por motivos superiores não pode comparecer.

Dezenas de oradores renderam suas homenagens ao sambista. O vereador-presidente da Casa, Lucas Porpino, que foi o autor da propositura, abriu a sessão solene, lendo uma breve biografia do homenageado. Lucas reconheceu como é difícil o nortista vencer no sul do país. Lembrou que o sambista foi o criador de uma das mais tradicionais escolas de sambas do Carnaval carioca – a Imperatriz Leopoldinense, e falou da importância que é ganhar o estandarte de ouro do Sistema Globo de Comunicação, principalmente quando se é nordestino. Ele finalizou, parabenizando Zé Katimba e dizendo que passou a conhecer a história do mesmo através do livro do jornalista carioca Fernando Paulino, que também se fez presente à solenidade. “Parabéns conterrâneo Zé Katimba, seja bem vindo a esta Casa”, destacou.

Já o prefeito Zenóbio, articulador principal da vinda de Katimba à Guarabira, falou que o homenageado que recebe a maior comenda concedida pela Câmara de Guarabira, tem uma história que representa o homem nordestino, que o artista guarabirense é uma figura conhecida nacionalmente e internacionalmente, o que, segundo o prefeito, isso é motivo de orgulho para todos os guarabirenses, pois a sua música está no mundo inteiro.

Zenóbio ainda destacou as agendas cumpridas por Zé Katimba, desde a última quinta-feira, dia em que o mesmo retornou à Paraíba. Que esteve também com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo e com o governador Ricardo Coutinho. Anunciou que o sambista vai abrir, na próxima quinta-feira, o projeto musical, QTT – Quinta Tem Talento, na Praça João Pessoa, também conhecida como “Bambuluar”. “As homenagens que tem recebido, ele (Zé Katimba) irá levar para o Rio de Janeiro, as melhores impressões. Leve de Guarabira as melhores das impressões, pois esta terra sempre lhe receberá de braços abertos”, finalizou.

“Eu nunca tirei os pés da Paraíba, vocês sempre estiveram no meu coração, pode acreditar”,
“Eu nunca tirei os pés da Paraíba, vocês sempre estiveram no meu coração, pode acreditar”,

O homenageado, como em outros momentos, não segurou as lágrimas e mais uma vez tornou a se emocionar. Sendo aplaudido de pé pelo público presente, quando do contar da sua trajetória de vida. “Eu nunca tirei os pés da Paraíba, vocês sempre estiveram no meu coração, pode acreditar”, disse.

Ele ainda falou que nunca foi matriculado em nenhuma escola, que venceu o preconceito – por ser pobre, negro e paraibano, e do jeito nordestino de ser, além de ter sido um perseguido e preso político da ditadura militar. Mas que agora traz “coisas boas” no seu “matulão” para dividir com os seus conterrâneos.  Ele agradeceu a todos pelo carinho e atenção que vem recebendo durante a sua estadia na Paraíba, inclusive ao prefeito Zenóbio e a deputada Léa, que segundo Zé, o casal lhe tratou como se fosse o artista, um verdadeiro irmão.

“Você pode correr atrás dos seus sonhos; quero dizer a vocês que sair daqui pobre e miserável, mas hoje tenho um coração muito rico de amor. Só o amor da nobreza de ter vocês de volta ao meu círculo… Estou muito feliz… Muito obrigado!” Concluiu o sambista, acometido de forte emoção.

No decorrer da solenidade, ainda fizeram o uso da palavra, os vereadores Armando Mallaguty, Marcos de Enoque, Jáder Filho, Bica, Michelle Paulino, Adriana de Severo e Gerson do Gesso; o cordelista Márcio Bizerril; o articulista artístico Ademir Leal; o jovem universitário Tiago; os radialistas Marcos Andrade e Mary Evans; e os cantores guarabirenses Sandoval e Artur Neto – este último repetiu o tributo que fez ao sambista, como ocorreu na última sexta-feira, dia em que o carnavalesco concedeu uma coletiva à imprensa local, quando Neto compôs e ao mesmo cantou que Zé Katimba é nada mais e nada menos do que o “Diplomata do Samba”.

O Sambista Zé Katimba concede coletiva à imprensa guarabirense

Artista se surpreende ao ouvir música em sua homenagem
Artista se surpreende ao ouvir música em sua homenagem

O sambista José Inácio dos Santos – Zé Katimba concedeu uma entrevista coletiva à imprensa guarabirense. Jornalistas de segmentos diversos se reuniram na manhã desta sexta-feira (15/03) para sabatinar, de forma espontânea o artista, que retornou a sua cidade natal – Guarabira – após setenta anos afastados dela. O prefeito Zenóbio Toscano, agente direto da vinda de Katimba à solo guarabirensse, também se fez presente ao evento, que aconteceu na sede da Câmara Municipal de Guarabira.

O objetivo da coletiva foi de repassar aos guarabireses a história de um nativo desconhecido, que ao lado de sua família de pai e de mãe agricultores -, deixou a sua terra há mais de sete décadas para tentar melhores condições de vida no Sudeste do país, escolhendo, assim, o Rio de Janeiro para recomeçar. E que, de maneira fenomenal se entrosou, no gênero musical – samba de raiz, na terra dos cariocas, chegando a fundar uma das maiores escolas de samba da “Cidade Maravilhosa”, a Imperatriz Leopoldinense.

Hoje, Zé Katimba é referência do samba carioca, com cerca de mil composições musicais, com letras que já foram gravadas por artistas de renomes nacionais e internacionais, a exemplo Martinho da Vila, Elza Soares, Agepê, Jair Rodrigues, Alcione, Simone, Leci Brandão, Zeca Pagodinho, João Nogueira, dentre outros.

Da parte de Katimba, além da grande oportunidade de rever as suas raízes, ele agora pretende ser ‘enredo’ de samba na Marquês de Sapucaí, e propõe levar o nome da cidade de Guarabira e do estado da Paraíba para tocante ‘avenida do samba’ no Carnaval do ano que vem. Isto em parceria com a prefeitura de Guarabira e com o governo do estado. Esta tarde, o prefeito Zenóbio o levou para ter uma audiência com o governador Ricardo Coutinho para tratar deste assunto.

“Quero ser enredo e com isso levar a minha história, a história de Guarabira e a de toda Paraíba para a Marquês de Sapucaí”, disse o sambista.

Antes da sabatina, Zé Katimba foi pego de surpresa e mais uma vez se emocionou, quando o cantor e compositor guarabirense, Artur Neto, o fez uma bela homenagem, através de uma letra de música que menciona o carnavalesco de Guarabira de o “Diplomata do Samba”.

O escritor Fernando Paulino, autor do livro que conta a vida e a obra de Zé Katimba, fez uso da palavra, e na ocasião, no que se refere às escolas de sambas – defendeu os temas que falem do folclore, das lendas e das histórias do povo brasileiro e não temas de cunho comercial. Disse que seria de suma importância para o estado da Paraíba, de modo especial para a cidade de Guarabira ter seu nome na Avenida Marquês de Sapucai, pois segundo ele, aquele palco carnavalesco deixou de ser sambódromo do Rio para se chamar “passarela internacional da cultura”. “O pavão misterioso levaria para a avenida, a Paraíba debaixo de suas asas”, sugeriu.

Para o prefeito Zenóbio Toscano, todo esse momento vivenciado com Zé Katimba será ‘eternizado’ no Museu da Imagem do Som, importante obra cultural que será instalada em Guarabira dentro em breve, onde, segundo o prefeito o sambista também será homenageado. Zenóbio ainda falou na possibilidade de em outro momento trazer Katimba outra vez à Guarabira para que seja realizada uma roda de samba ao lado de Martinho da Vila e outros artistas, na intensão da gravação de um DVD. E destacou: “Neste momento, a alegria que eu sinto, é mesma alegria de todos os guarabirenses”.

“O Globo” destaca retorno de Zé Katimba à Guarabira após 70 anos longe de sua terra natal

o cantor e compositor Zé Katimba, estará chegando à Paraíba
o cantor e compositor Zé Katimba, estará chegando à Paraíba

Na madrugada da próxima quarta-feira (13), o cantor e compositor Zé Katimba, estará chegando à Paraíba. A volta à terra  natal, foi destacada pelo site do jornal o Globo. (Veja matéria na integra) Há sete décadas, quando ainda era uma criança, ele deixou Guarabira ao lado de sua família, para buscar uma vida melhor no Rio de Janeiro. E agora depois de um longo tempo, muitas lutas e várias conquistas na vida artística, Zé Katimba volta às suas origens. Detentor de um vasto e vitorioso  currículo, o artista guarabirense, foi um dos fundadores da escola de samba Imperatriz Leopoldinense, uma das mais tradicionais do Rio de Janeiro. Recentemente, foi escolhido Cidadão do Samba, pela Riotur, e Personalidade do Ano, pelo Estandarte de Ouro do  jornal O GLOBO. No carnaval do  próximo ano, a Imperatriz Leopoldinense, pretende homenageá-lo na Marquês de Sapucaí, tendo a vida do artista com tema do desfile.  Além de cantor e compositor, Zé Katimba também  participou ativamente , na época da ditadura , da luta contra o regime militar.

O prefeito de Guarabira,  Zenóbio Toscano, está organizando uma recepção calorosa ao cantor: “Entendemos que Zé Katimba é, sem sombra de dúvidas, um grande artista, não só guarabirense, mas brasileiro. Sua história de vida demonstra a importância que tem para a cultura brasileira. Será uma honra para nós recepcioná-lo em Guarabira e na Paraíba”, declarou.

Zenóbio está organizando a agenda do artista e adiantou que em João Pessoa Zé Katimba será recebido pelo secretário de Cultura do estado, Chico César, com quem participará de uma série de eventos. No dia 15, ele irá à Dommus Hall, onde haverá show com os sambistas Alcione e Jorge Aragão. Também está sendo articulada a participação dele no projeto “ Sabadinho Bom” da prefeitura de João Pessoa. Além disso, Zenóbio solicitou uma audiência no Palácio da Redenção, com o governador Ricardo Coutinho. Zé Katimba, também comparecerá a uma série de entrevistas com a imprensa da capital do estado.

Em Guarabira, Zé Katimba receberá uma grande homenagem que será feita pela Câmara Municipal, onde haverá, ainda, o lançamento do livro  “Zé Katimba –  Que grande destino reservaram pra você”, de autoria do jornalista Fernando Paulino, que estará acompanhando o artista. O cantor participará, ainda, de  uma roda de samba com artistas locais, em Guarabira.
A recepção atende a um desejo do sambista, que havia declarado que “gostaria de fazer um show em praça pública na minha terra. Queria também falar com os estudantes de Guarabira, para contar minha experiência de vida, dizer pra eles que é importante resistir”.

Zé Katimba agradeceu o empenho do prefeito Zenóbio Toscano, e em uma de suas declarações afirmou: “Agora, com o retorno à Guarabira, minha vida passará a ser única e completa”.